quinta-feira, junho 23, 2011

Mais frio, menos calorias

Mais frio, menos caloriasO frio chega e traz com ele diversas tentações gastronômicas, colocando à prova nossa vontade de emagrecer. Para não comprometer a silhueta e não passar vontade, vale optar por opções mais leves e não menos saborosas, como saladas incrementadas e sopas diversas. Para beber, chás bem quentinhos. Confira a seguir algumas sugestões e receitas.
Saladas
Está com dificuldade de comer salada? Faça da seguinte maneira: coma uma salada bem caprichada no almoço - com hortaliças cruas variadas (alface, escarola, agrião, etc), cenoura ralada e complementos (tomate, pepino, palmito, cogumelos, etc). Tempere com pouco sal, limão (ou aceto ou vinagre) e um fio de azeite.
Se quiser variar a salada, faça complementos lights: croutons - corte duas fatias de pão integral light em cubinhos, polvilhe orégano, sal, páprica doce e 1 fio de azeite. Toste no forninho até dourar e sirva.
Outra ideia é colocar cubinhos de queijo branco ou 1 colher de sopa de queijo cottage ou frutas: uma colher de sopa de uva passa, uma fatia pequena de abacaxi, meia maçã em cubinhos...Vale experimentar e verificar qual a sua preferida.
No jantar prefira folhas cozidas (repolho, escarola, catalonha, mostarda, etc) e legumes caprichados (cenoura, brócolis, berinjela, beterraba) cozidos e depois tempere com azeite e sal.
Sugiro 2 molhos para a salada ou legumes:
  • Molho de mel com mostarda - uma colher de sopa de maionese light, água o suficiente (cerca de uma colher de sopa, para dissolver a maionese), uma colher de sobremesa de mostarda, uma colher de chá de mel, meio limão espremido, 1 colher de chá de azeite. Mexa tudo e ajuste o sal.
  • Molho de alho - três colheres de sopa de água, 1 dente de alho bem picadinho, 1 colher de café de sal, meio limão espremido, uma colher de sopa de azeite, uma pitada de pimenta do reino. Misture tudo.
Bebidas quentes
Não fique tomando chocolates quentes pois somam muitas calorias. Faça chás que esquentam e não engordam. Sugestões:
  • Chá mate com gengibre e canela - uma xícara de água, uma sachê de chá mate. Colocar na água para ferver uma rodela de gengibre e uma pitada de canela.
  • Chá de erva doce com camomila - misture os dois e terá um digestivo poderoso e reconfortante.
  • Chá diversos - de frutas, erva cidreira, capim santo, etc.
Para quem o chocolate for fundamental, experimente esta receita:
Um copo de leite semidesnatado (preferir leite fresco) + uma colher de chá de cacau em pó (misturar quente e adoçar com o adoçante de sua preferência ou um pouco de açúcar) e uma pitada de canela. Esta versão diminui as calorias além de aumentar os antioxidantes do cacau!
Sopas
Para quem ama sopa, essas receitas que são quentinhas e magrinhas. Só não vale abusar e repetir a dose!
Todas as receitas foram calculadas para duas porções. Sinta-se à vontade de mudar ingredientes, testar todas e inventar a sua....Bom apetite!
Ingredientes:
  • 1 colher de sobremesa de azeite
  • 1 bife ou 1 filé de frango (cerca de 120 gramas)
  • 1 dente de alho
  • 1 alho poró picadinho (a parte branca e guardar a parte verde)
  • 4 colheres de sopa cenoura picadinha
  • 4 colheres de sopa de chuchu ou abobrinha
  • Cerca de um terço de pacote de capeleti (de carne, frango ou queijo)
  • Manjericão a gosto
  • 1 folha de louro
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
  • Salsinha a gosto
Preparo:
Refogar em uma colher de sobremesa de azeite o bife ou o frango picadinho em cubinhos. Depois que a carne selar (ficar douradinha) polvilhar o sal e um pouco de pimenta do reino. Depois, acrescentar o alho picadinho, a cenoura em cubinhos, o alho poró, o chuchu (ou a abobrinha). Colocar água até cobrir e mais um pouquinho acima. Colocar na água: uma folha de louro, manjericão, e ajustar o sal. Baixar o fogo.
Quando os legumes estiverem quase macios, aumentar o fogo até a sopa estiver fervendo e colocar cerca de um terço do pacote de capeleti. Quando o capeleti ficar pronto (atenção que é bem rápido), polvilhar cebolinha ou cheiro verde e um fio de azeite. Servir com um pouquinho de queijo ralado ou cottage.
Ingredientes:
  • 3 beterrabas médias
  • 1 pedaço de salsão
  • Meia cebola picadinha
  • 1 colher de sobremesa de azeite
  • 1 dente de cravo
  • Pimenta branca ou do reino a gosto
  • 1 folha de louro
  • Noz moscada
  • Salsinha picadinha a gosto
  • Sal
  • Creme de leite light
Preparo:
Cozinhar as beterrabas na panela de pressão com água para cobri-las. Quando a panela chiar contar 20 minutos. Durante este tempo, vá preparando os outros ingredientes. Picar a cebola e o salsão em cubinhos pequenos. Escorrer as beterrabas e descascar após esfriar. Picar uma em cubinhos e bater as outras duas no liquidificador com água suficiente para cobri-las. Refogar em uma colher de sobremesa de azeite a cebola, o salsão e o cubinhos de beterraba. Temperar com pimenta do reino branca (ou do reino) e sal, colocar 1 dente de cravo, a folha de louro, uma pitada de noz moscada e o creme de beterraba batida. Ajustar o sal.
Deixar apurar um pouco e desligar o fogo. Colocar no prato e acrescentar 1 colher de sopa de creme de leite e a salsinha picadinha. Servir imediatamente. Pronto!
Ingredientes:
*(quem gostar com carne ou frango, acrescentar 1 bife ou 1 filé de frango)
  • 1 colher de sobremesa de azeite
  • Meia cebola picadinha
  • 1 cenoura pequena picadinha
  • 1 alho poró
  • 1 chuchu pequeno (ou meia abobrinha)
  • 3 dente de alho picado
  • 1 folha de louro
  • Manjericão
  • Macarrão (de sua preferência- 1 punhado de espaguete ou de letrinhas)
Preparo:
Refogar em uma colher de sobremesa de azeite o bife ou o frango picadinho em cubinhos. Depois que a carne selar (ficar douradinha) polvilhar o sal. Depois, acrescentar o alho picadinho, a cebola, a cenoura em cubinhos, o alho poró, o chuchu (ou a abobrinha). Colocar água até cobrir e mais um pouquinho acima. Colocar na água: uma folha de louro, manjericão, e ajustar o sal. Baixar o fogo. Quando os legumes estiverem quase macios, aumentar o fogo até ferver e acrescentar o macarrão.
Quando o macarrão ficar cozido, acrescentar cebolinha picada, um fio de azeite. Pronto!
Repetir a sopa de legumes caseira e no lugar do macarrão colocar quatro colheres de sopa de aveia em flocos. Esperar o caldo engrossar. Deliciosa e cremosa!
Sobre o autor
Amanda Buonavoglia
Nutricionista especialista em "Personal Diet" e Nutrição ampliada pela Antroposofia. Atua em consultório, escolas e ensinando pessoas a cozinhar de uma maneira mais saudável. Saiba mais »

terça-feira, junho 21, 2011

Enfim Gastroplastizada

Desde o dia que cheguei em casa (17/06) tinha que vim aqui dar satisfação a todos. Confesso que antes da cirurgia eu estava om medo de Morrer, apesar que acredito que ser obesa é morrer todos os dias. Quando cheguei no Hospital da Bahia as 06 da manhã do dia 15/06 estava ansiosa nem dormi direito, como fiquei dois dias de dieta liquida foi pior porque eu estava com fome. Mas fiz o internamento, assim que cheguei no quarto a enfermeira entrou dizendo que teria que tomar banho e me trocar loga pois o centro cirúrgico estava me chamando. Achei minha mãe tensa mas n queria me preocupar, mas eu estava super tranquila, Pressão Arterial 12 por 8 nunca teve tão normal já que eu tenho pressão baixa. Mas isso já era umas 7:40, depois disso fui pro centro cirúrgico, mainha me acompanhou até a entrada me deu um beijo e entrei, fiquei aguardando Dr Marcelo Zollinger . As 8:20 eu já estava na sala sendo preparada pela equipe, e chegou o anestesista se apresentou, os ouros médicos da equipe, aguardei até as 8:55 foi a ultima vez que olhei o relógio ai o anestesista falou respira bem agora você irá dormi, e literalmente eu dormi (risos). Lembro que acordei ele me chamando e eu respondi Oi !!! tá tudo bem? (pra ter certeza). O técnico super simpático chegou até a mim e perguntei se ele podia dizer a mainha que eu estava ótima. Então por volta das 13 horas cheguei ao meu quarto, com dores abdominais, mas era gazes. Enfim no outro dia estava ótima e estou super bem... 

segunda-feira, junho 13, 2011

Primeiro dia de Dieta liquida antes da Cirurgia

Dieta Líquida
Perder peso é uma coisa que todo mundo gosta e quer fazer, em alguns casos, mesmo que não precise perder peso, a pessoa é obcecada por ficar uns quilinhos mais magra. E existem inúmeras formas de perder peso, que alteram a sua alimentação regular por outras mais leves, prometendo resultados no curto prazo.
Não ta sendo fácil porque eu n gosto de laranja lima. MAS VOU CONSEGUIR 

domingo, junho 12, 2011

A Roncopatia

A roncopaia é um problema de saúde grave que pode influenciar negativamente a vida da pessoa afectada, quer a nível pessoal, quer a nível familiar e social. Calcula-se que, em Portugal, cerca de 20 por cento da população sofra deste problema.
Ao inspirar, o ar inalado encontra nas vias respiratórias superiores uma obstrução que lhe dificulta a passagem. Isso vai fazer com que as moléculas batam umas nas outras provocando ruído. Na origem desta situação pode estar o desvio do septo nasal, a flacidez do véu do paladar, o excessivo comprimento da campainha ou o tamanho exagerado das amígdalas ou da base da língua.A roncopatia pode ter efeitos nefastos na nossa saúde pois uma obstrução nas vias respiratórias vai dificultar a oxigenação dos tecidos do nosso organismo o que poderá ter consequências graves, nomeadamente em pessoas com problemas de coraçãoA prática de exercício físico e um regime alimentar rico e equilibrado ajudam a atenuar o problema, mas não o resolvem.Quem sofre de roncoterapia deve procurar ajuda especializada pois hoje já existem vários tratamentos: utilização de uma máscara (CPAP), ou cirurgia.
Fonte: http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/1871756-roncopatia/#ixzz1P4U5EXoI

sábado, junho 11, 2011

Porque vou fazer a Gastroplástia

Muitas Pessoas Perguntam porque eu fareia a cirurgia vou colocar alguns problemas que tenho chamada COMORBIDADES.

O que é intolerancia à glicose ?

Antes de desenvolver à diabetes tipo 2, a maioria das pessoas apresenta uma condição sem sintoma chamada “pré-diabetes”. Também conhecida como “intolerância à glicose”, “tolerância diminuída à glicose” ou “glicemia de jejum alterada”. 
Embora a maioria das pessoas com pré-diabetes não tenha qualquer sintoma, podem aparecer alguns sinais como: sede excessiva, necessidade de urinar muitas vezes e em grande quantidade.Menor que 100 mg/dLNormalEntre 100 e 125 mg/dLGlicemia de jejum alteradaMaior (ou igual) a 126 mg/dL (em 2 medidas)Diabetes

O que é o “pré-diabetes”?
Antes de desenvolver o diabetes mellitus tipo 2, a maioria das pessoas apresenta uma condição assintomática chamada “pré-diabetes”. Também conhecida como “intolerância à glicose”, “tolerância diminuída à glicose” ou “glicemia de jejum alterada”, pré-diabetes é um termo que atualmente se aplica a cerca de 41 milhões de pessoas nos Estados Unidos que têm níveis de glicose (açúcar) no sangue maiores que o normal, mas ainda não altos o bastante para fazer o diagnóstico de diabetes.
Qual a importância do pré-diabetes?
Mais e mais, os médicos estão reconhecendo a importância de diagnosticar o pré-diabetes, já que o tratamento dessa condição pode prevenir o aparecimento do diabetes do tipo 2. Além disso, o tratamento adequado do pré-diabetes pode prevenir várias complicações sérias associadas ao diabetes mellitus tipo 2, tais como: doenças cardíacas e lesões aos rins ou aos olhos. Já há vários estudos que demonstram que essas complicações, tradicionalmente atribuídas apenas ao diabetes já instalado, começam a se desenvolver muito antes que o diagnóstico de diabetes seja feito - ou seja, na fase do pré-diabetes.
Ou seja: reconhecer e tratar adequadamente o pré-diabetes pode:
a) prevenir o surgimento do diabetes tipo 2, e
b) prevenir as complicações do diabetes tipo 2 - mesmo que o paciente ainda não tenha diabetes!
Quais são as pessoas que correm risco de desenvolver diabetes tipo 2?
O risco de diabetes tipo 2 está aumentado em pessoas com as seguintes características:
- Presença de outras pessoas na família com diabetes tipo 2 (pais, tios, irmãos);
- Mulheres que tenham tido diabetes gestacional ou que tenham dado à luz um bebê pesando mais de 4 Kg;
- Mulheres com a síndrome dos ovários micropolicísticos;
- Pessoas acima do peso (sobrepeso ou obesidade). principalmente quando o excesso de gordura está mais acumulado na barriga;
- Pessoas com colesterol alto, aumento do triglicérides ou níveis baixos do chamado “bom colesterol” (HDL-colesterol);
- Sedentários;
- Idosos - com o avanço da idade, as pessoas se tornam menos capazes de controlar adequadamente os níveis de glicose.
Como identificar o pré-diabetes?
Embora a maioria das pessoas com pré-diabetes não tenha qualquer sintoma (ou seja, trata-se de uma condição assintomática), alguns indivíduos já podem apresentar sintomas sugestivos de diabetes, tais como: sede excessiva, necessidade de urinar muitas vezes e em grande quantidade, visão borrada ou cansaço acentuado.
Geralmente, o diagnóstico de pré-diabetes é feito através de alguns exames de laboratório.
Quem deve fazer exames para avaliar a presença de pré-diabetes?
As seguintes pessoas precisam fazer exames periodicamente para determinar se são portadoras ou não de pré-diabetes:
- Adultos com mais de 45 anos;
- Adultos com qualquer fator de risco para diabetes (veja quadro acima);
- Excesso de peso (índice de massa corporal acima de 25); *
- Pessoas que já tenham tido exames anteriores com níveis elevados de glicose;
- Mulheres que tenham tido diabetes durante a gravidez (diabetes gestacional) anteriormente ou que tenham dado à luz bebês com mais de 4 Kg;
- Presença de componentes da síndrome metabólica: aumento dos triglicérides, baixos níveis de colesterol “bom” (HDL), acúmulo de gordura no abdome, pressão alta (hipertensão arterial);
- Mulheres com síndrome dos ovários micropolicísticos.
Índice de massa corporal = peso (em Kg) dividido pelo quadrado da altura (em m).
Como é feito o diagnóstico de pré-diabetes?
Dois diferentes testes podem diagnosticar o pré-diabetes. São eles:
a) Glicemia de jejum - consiste na coleta de uma amostra de sangue, em jejum, após um jejum de 8 horas, para avaliar o nível de glicose no sangue. O normal é menor que 100 mg/dL.
b) Teste de Tolerância à Glicose - consiste na coleta de sangue em jejum e na coleta de uma outra amostra de sangue 2 horas após a ingestão de um copo grande de água contendo 75 g de glicose diluída. Deve ser feito quando o paciente apresenta uma glicemia de jejum maior que o normal mas ainda menor que o nível necessário para o diagnóstico de diabetes - ou seja, quando a glicemia de jejum é maior ou igual a 100 mg/dL e menor que 126 mg/dL.
Como interpretar o resultado da glicemia de jejum?
ResultadoDiagnóstico
Menor que 100 mg/dLNormal
Entre 100 e 125 mg/dLGlicemia de jejum alterada
Maior (ou igual) a 126 mg/dL (em 2 medidas)Diabetes
Como interpretar o resultado do teste de tolerância à glicose?
Resultado (2 horas após 75g de glicose)Diagnóstico
Menor que 140 mg/dLNormal
Entre 140 e 199 mg/dLIntolerância à glicose
Maior (ou igual) a 200 mg/dLDiabetes
Resumindo: 
- Pacientes com glicemia de jejum normal (menor que 100) e teste de tolerância à glicose normal (menor que 140) são considerados normais;
- Pacientes com glicemia de jejum normal ou alterada (mas menor que 126) e teste de tolerância à glicose entre 140 e 200 são considerados portadores de intolerância à glicose;
- Pacientes com glicemia de jejum alterada (mas menor que 126) e teste de tolerância à glicose normal (menor que 140) são considerados portadores de glicemia de jejum alterada;
- Pacientes com glicemia de jejum maior que 126 (em pelo menos 2 medidas, em dias diferentes) OU com teste de tolerância à glicose acima de 200 são considerados portadores de diabetes.
- Pacientes com intolerância à glicose ou glicemia de jejum alterada são considerados portadores de pré-diabetes.
Pré-Diabetes
Glicemia de jejum
OU
Teste de Tolerância à Glicose (2h)
Entre 100 e 125
Entre 140 e 199

Qual é o tratamento para o pré-diabetes?
O principal componente do tratamento do pré-diabetes consiste nas mudanças de estilo de vida - ou seja, na adoção de um hábito de vida saudável, que inclui as seguintes medidas:
a) alimentação saudável e equilibrada - leia mais em: “10 passos para uma alimentação saudável”;
b) perda de peso - se você está acima do peso, uma perda de 5 a 10% do seu peso inicial pode fazer uma enorme diferença;
c) atividade física regular - tente exercitar-se 30 minutos por dia, durante 5 dias da semana. Essa atividade pode ser dividida em vários períodos curtos: 3 sessões de 10 minutos num dia ou 2 sessões de 15 minutos noutro dia. Escolha uma atividade que você goste de fazer, como, por exemplo, caminhar, ou nadar, ou dançar, ou jogar tênis ou futebol.
d) pare de fumar;
e) trate adequadamente da sua pressão arterial ou do seu colesterol, se necessário.
Baseado em texto da WebMD Health - www.webmd.com

quinta-feira, junho 09, 2011

Enamorados

Desde ontem recebo mensagens referente ao dia dos Namorados , faz um tempo que não sei o que é esta comemoração, apesar que não faz muito tempo que estou na Solterisse Plena, bem dizer que quando namoramos deveríamos comemorar todos os dias com respeito, carinho e companheirismo. Desta forma ando comemorando o ano todo. Então achei um texto de Arnald Jabor falando sobre relacionamento espero que vocês gostem. 

Relacionamentos

Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida.

Detesto quando escuto aquela conversa:
- Ah, terminei o namoro...
- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...
- Cinco anos.... que pena... acabou...
- é... não deu certo...

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.

Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.

Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.

Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.

E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante... e se o beijo bate... se joga... se não bate... mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.

Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.

Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar... ou não.

Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.

Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?

O legal é alguém que está com você, só por você. E vice-versa. Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós.

Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.

Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?

Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração... Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.

E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.

Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.

Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar... ou se apaixonar... ou se culpar...

Enfim...quem disse que ser adulto é fácil ????
Arnaldo Jabor

Dieta antes da cirurgia

Dizem que esta dieta é pior que passar os 30 dias na liquida. Darei inicio a esta dieta dia 14 e termino dia 15 as 22:00.

quarta-feira, junho 08, 2011

Despedidas

Eu não poderia deixar de fazer a minha despedida, já que minha Nutri Vanessa informou na frente de minha mãe que eu não posso mais fazer despedidas, em particular a minha foi esta, algumas fatias de massa de panqueca e molho com frango humm, muito bom. 
Dia 14 de junho começo minha dieta liquida, vou escaniar e postar aqui minha dieta. 

terça-feira, junho 07, 2011

Auto-Estima

Auto-Estima

Auto-estima é a avaliação subjetiva que uma pessoa faz de si mesma como sendo intrinsecamente positiva ou negativa em algum grau. É a capacidade de se respeitar, confiar e gostar de si.

O ser humano deve ser moderadamente preocupado com seu corpo, sem que essa preocupação se torne uma obsessão. O desejável não deveria ser o padrão imposto pela mídia, mas sim estar satisfeito consigo mesmo, procurando manter um corpo saudável. Entretanto, todos de modo geral sucumbem aos ditames desta mídia.
A procura do corpo perfeito deve ser individual apesar de ser desejada. É sabido que cada pessoa é um ser único, complicado e insatisfeito e é isto que abre o portal para a procura da imagem através do olhar que se tem do outro e que se deseja ser visualizado. 

Portadores de obesidade mórbida terão atendimento preferencial em bancos

video

sábado, junho 04, 2011

Cirurgia Marcada

Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.
Mário Quintana
Não tenho Palavras...
Dia 16 de Junho de 2011

quinta-feira, junho 02, 2011

Psicologia e Cirurgia da Obesidade

O tratamento da obesidade mórbida é um processo que não inclui apenas a Cirurgia da Obesidade. É um tratamento que deve ser acompanhado por uma mudança no jeito de viver.

Todas as pessoas que chegam a um estado de obesidade mórbida possuem um estilo de vida que colaborou para essa condição. Se esse estilo de vida não for modificado, apesar da ajuda da Cirurgia, pode ser que não se alcance um emagrecimento significativo, duradouro e com qualidade de vida.

Mas modificar o jeito de viver nem sempre é fácil.

A psique é normalmente encarada como algo abstrato e intangível, que funciona de uma forma diferente do resto do nosso organismo. Mas isso não é verdade. A psique faz parte do nosso organismo e funciona exatamente como todo o resto. Assim como o corpo, a psique possui uma estrutura e nela há um equilíbrio. Essa estrutura funciona de um determinado modo, por diversos fatores, e mesmo que cause dificuldades na nossa interação com o mundo ela está em equilíbrio. 

Transformar significa mexer em um sistema que, até agora, estava acostumado a se equilibrar de uma determinada forma e por isso, causa desconforto. O desconforto sentido nos momentos de mudança acontece porque a psique está em um período de transição e durante essa readaptação ao novo jeito de funcionar, ela perde os seus referenciais. Transformar-se implica em abandonar costumes antigos e desenvolver novos potenciais. E é isso que acontece durante o processo da Cirurgia da Obesidade.

Após a Cirurgia, a psique deverá acompanhar a mudança do corpo e precisará se reajustar a essa nova realidade. Nesse momento, o paciente precisará utilizar novos mecanismos, ainda desconhecidos, para se adaptar. E é nesse momento que a Psicologia entra para ajudar.

A Psicologia pode ajudar a compreender como uma pessoa funciona. Através do exercício da reflexão e de um olhar treinado para observar aspectos desconhecidos da nossa personalidade, conseguimos nos dar conta de como e por que funcionamos de determinada maneira. Sabendo quem somos, conseguimos nos transformar com mais facilidade. O reequilíbrio após a Cirurgia é um processo importante que deve ser feito sob supervisão para que o novo sistema criado seja um sistema saudável, que não utilize hábitos prejudiciais ao organismo.

Alguém que realiza um processo de reflexão a respeito de si mesmo e de como a vida vai funcionar antes de realizar a Cirurgia, tende a passar por esse processo de mudança de um forma mais tranquila, pois já possui indicações do caminho que irá percorrer. Após a Cirurgia, se necessário, o paciente também pode ser acompanhado pela psicóloga em um trabalho focado no auxílio da transformação da personalidade. 

Todo momento de mudança pode e deve ser encarado como uma oportunidade para crescer.